Outra vez: Denúncia contra Temer vai para a Câmara

Denúncia de Janot vai para a Câmara e há poucas chances de não ser arquivada Denúncia de Janot vai para a Câmara e há poucas chances de não ser arquivada

A nova denúncia do ex-procurador geral rodrigo Janot, envolvendo o presidente Michel Temer vai ser decidida, como a anterior, que foi arquivada, pela Câmara Federal, conforme determinação do STF.
A partir de agora, caberá à Casa decidir sobre autorização prévia para que a Corte julgue o caso, conforme determina à Constituição.

O entendimento do Supremo contraria pedido feito pela defesa de Temer, que pretendia suspender o envio da denúncia para esperar o término do procedimento investigatório, iniciado pela PGR, para apurar ilegalidades no acordo de delação da JBS, além da avaliação de que as acusações se referem a um período em que o presidente não estava no cargo, fato que poderia suspender o envio.

Os ministros seguiram entendimento do relator do caso, ministro Edson Fachin. Na sessão de ontem (20), foi formada maioria de votos no sentido de que cabe ao Supremo encaminhar a denúncia sobre o presidente diretamente à Câmara dos Deputados, sem fazer nenhum juízo sobre as acusações antes da deliberação da Casa sobre o prosseguimento do processo no Judiciário.

JUCÁ CRITICANDO

O senador Romero Jucá criticou nesta quinta-feira (21/9), o ex-procurador-geral da República, Rodrigo Janot, dizendo que Janot “tenta atrapalhar o Brasil". Também disse que a segunda denúncia feita contra o presidente Michel Temer "não tem pé nem cabeça" e vai prejudicar a tramitação da reforma da Previdência.

Na avaliação de Jucá, a segunda denúncia contra Temer deveria ser votada na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) rapidamente e lá teria parecer contrário. "O conteúdo da denúncia é ridículo. Se já temos problemas com a delação da JBS na primeira denúncia, nessa segunda são delações de pessoas que, em tese, precisam ser comprovadas", disse ele, afirmando que é "absurdo" acusar um presidente da República sem que antes se comprove "minimamente" as denúncias.

PORTO VELHO

Banner 468 x 60 px