Hemodinâmica: HB dá últimos retoques para sistema funcionar

Deputado Só na Bença, elogiando o novo serviço do Hospital de Base Deputado Só na Bença, elogiando o novo serviço do Hospital de Base

Os deputados estaduais elogiaram ontem o funcionamento, que deve acontecer dentro de pouco tempo, do serviço de hemodinâmica no Hospital de Base, que já tem uma fila com mais de 350 pacientes, conforme o deputado Só na Bença.

Segundo ele, com a instalação da Clínica de Hemodinâmica no Hospital de Base, que contará com atendimentos em angioplastia e cateterismo, vai agilizar o atendimento. “Em no máximo 60 dias os trabalhos terão início e estes pacientes serão atendidos pelo SUS, com recursos do Estado”, disse Só na Bença.
As máquinas necessárias, informou o parlamentar, já estão sendo instaladas. Assim que tudo estiver concluído e instalado “todos os procedimentos serão realizados pelo governo, não mais por empresa terceirizada, que muitas vezes coloca empecilhos nos atendimentos de emergência”.

O anúncio foi feito durante a reunião de ontem da Comissão de Saúde da Assembleia Legislativa, presidida pela deputada Rosangela Donadon, que elogiou o esforço do secretário Williames Pimentel e o governador Confúcio Moura pela nova clínica do HB. quando o assunto “hemodinâmica”

O QUE É
O estudo hemodinâmico é um método de diagnóstico e terapêutico que utiliza técnicas invasivas para obtenção de dados funcionais e anatómicos das várias cardiopatias. É através do cateterismo que se faz o estudo da dinâmica circulatória cardíaca, que consiste na inserção de catéteres radiópacos sob controlo fluoroscópico e monitorização eletrocardiográfica, seguindo o trajeto das artérias e veias periféricas até às cavidades cardíacas e grandes vasos.

Segundo os deputados, o serviço de hemodinâmica é feito por uma empresa terceirizada e apresenta falhas

Funcionamento do sistema deve estar apto em dois meses e já tem até um especialista para coordenar

PORTO VELHO

Banner 468 x 60 px