Os corruptos perderam o respeito até por suas famílias - Por Sérgio Pires

Jornalista Sérgio Pires Jornalista Sérgio Pires

A crise moral de Mato Grosso é apenas mais uma, no Brasil da política putrefata, que envergonha sua população. Políticos (deputados e uma prefeita), recebendo dinheiro vivo, colocando nos bolsos, em bolsas, rindo, fazendo piada, imitando apresentadores de TV, só deixam mais desesperados aqueles que querem que vivamos num país decente e justo. É apenas mais um sonho, destruído por tantos políticos ladrões que assolam nosso país e que transformam nossas esperanças em pesadelo. Maços de dinheiro, daquele dinheiro que falta para a saúde, para a educação, para reconstruir nossas horrorosas rodovias, para melhorar o sistema de transporte, para gerar emprego e renda a quem tanto precisa, são colocados nos bolsos e nas contas dos corruptos. Eles mesmos, que quando disputam cargos públicos, apresentam-se nos palanques como defensores do povo; como pessoas honradas; como os que farão a diferença na vida das comunidades e, principalmente, dos mais pobres. Eleitos, se locupletam, empregam parentes, buscam vantagens, superlotam de cargos comissionados para abrigar apaniguados e, mais que tudo, enfiam a mão no dinheiro do povo. Isso mesmo. Do povo sofrido, do povo sem saúde, do povo sem emprego (embora, felizmente, ainda haja gente decente na política e deve se dizer que ainda há exceções nesse quadro dantesco!).

A crise moral do Mato Grosso é o retrato em preto e branco, desfocado, mas tristemente real, do que está ocorrendo em cada cidade, em cada Estado, em cada órgão público desse país. Veja-se quantos estão processados, quantos estão na iminência de serem presos, quantos já o foram. Dos dois governos anteriores, por exemplo, foram presos o Presidente da Petrobras; o dos Correios; o do Banco do Brasil; o da Eletrobras; o da Nuclebras; o da Caixa Econômica Federal; o do BNDES; líderes do governo na Câmara e no Senado presos; governadores presos. E agora, ministros suspeitos, em direção à cadeia e denúncias sem fim, todos os dias. Essa talvez seja a pior notícia de todas: as operações da PF do Ministério Público; a ação dura da Justiça; as pesadas sentenças, nada disso atemorizou os corruptos. Eles continuam nos roubando como se nada estivesse acontecendo e que tudo vale a pena, mesmo a cadeia, porque não têm mais honra, não respeitam sua família; não temem envergonhar seus filhos, seus amigos, seus correligionários., Roubam e daí? Estão se lixando, porque perderam a vergonha na cara e não respeitam mais nada e nem ninguém. Nem a si mesmos. Continuarão sendo eleitos até quando?

PORTO VELHO

Banner 468 x 60 px