Festival: Fortaleza do Abunã aguarda 8 mil turistas

O festival está sendo retomado após cinco anos O festival está sendo retomado após cinco anos

Nos dias 1º e 2 de setembro Porto Velho vai parar para acompanhar o maior festival de verão do Estado. Fortaleza do Abunã aguarda a participação de oito mil turistas rondonienses e acrianos para um evento que pretende não somente resgatar a tradição esportiva e gastronômica do local, mas, sobretudo, iniciar um projeto turístico sustentável para a região, gerando emprego e renda para aquela comunidade.

A declaração é do presidente da Fundação Cultural (Funcultural), Antônio Ocampo, que está coordenando o evento, em parceria com outras dez secretarias municipais. Segundo ele, o festival está sendo retomado após cinco anos, mas com outra perspectiva, sobretudo, em um contexto ambiental e econômico, duas questões que nunca haviam sido observadas. "Fortaleza do Abunã é um paraíso na Amazônia que precisa ser trabalhada", diz Ocampo.

AÇÕES
Segundo o secretário, a Prefeitura tem trabalhado diariamente, em várias frentes para fazer um festival diferenciado. Desde a recuperação dos dezenove quilômetros da estrada de acesso, a partir da BR-364, até o envolvimento de toda a comunidade do Distrito, que será a grande beneficiada pelo festival. "É a comunidade que vai se beneficiar diretamente com a venda de bebidas, alimentos, estacionamento, aluguéis e pousada dos turistas", lembrou.

Para isso, a Funcultural realizou várias reuniões com os donos de pousadas e restaurantes, estabelecendo essa parceria com o Município. "A Prefeitura vai entrar com o apoio logístico, mas todo o festival será organizado com a participação da comunidade. Eles serão os beneficiários diretos por tudo o que for organizado", ressaltou Ocampo. Segundo ele, a comunidade entendeu os objetivos da parceria com o município e vai trabalhar duro para realizar um grande festival.

Outro ponto positivo citado pelo secretário é a parceria público-privada. A Prefeitura vai realizar o Festival, praticamente a custo zero. Dentre as empresas que estão patrocinando o festival em parceria com a Prefeitura estão a Ipê Transportes, Cerveja Devassa, Energia Sustentável do Brasil-Jirau e Eletrobrás. "Iremos fazer um grande festival, gastando pouco e que trará um retorno socioeconômico considerável", disse.

TURISMO
Ao finalizar, Ocampo destacou a visão e o apoio total do prefeito Hildon Chaves ao Festival que está decidido em fazer do festival de Fortaleza do Abunã, um evento permanente do turismo. "Fortaleza do Abunã já é uma estância turística utilizada principalmente pelos acrianos. É um local excelente para o turismo de pesca que precisa ser conhecido. Ano que vem a tendência é ampliarmos ainda mais as atividades do festival, colocando, por exemplo, uma corrida de voadeiras, um futevôlei. É um projeto piloto que estamos trabalhando com muito carinho", disse Ocampo.

OUSADAS
Os impactos econômicos na pequena vila de Fortaleza do Abunã já são evidentes. Há duas semanas antes do festival já há vários turistas acampados na praia. As oito pousadas já estão lotadas. As vagas que ainda estão remanescentes são algumas residências. Em até uma semana todas as vagas no setor hoteleiro já estarão zeradas. O projeto é uma das ações efetivas da Prefeitura para buscar a autosustentabilidade e diminuir a dependência financeira dos distritos.

SECRETARIAS
Além da Funcultural estão envolvidas no Festival de Fortaleza do Abunã, Semdestur, Semusb, Semob, Semes, Semusa, Semed, Defesa Civil, Sema, Semtran, e Emdur. O Governo do Estado também mantém sua parceria com o Município no festival com a Polícia Mlitar, Corpo de Bombeiros e Seduc.

PORTO VELHO

Banner 468 x 60 px