Trabalhador fica sem 10 reais. Mínimo será mesmo R$ 969

O presidente do Senado, Eunício Oliveira, afirmou que o Congresso não analisará redução do salário-mínimo.

"Vamos aplicar a lei. O salário mínimo é corrigido pela inflação dos últimos doze meses. O que der a inflação vai ser a correção do salário mínimo. Com a revisão das projeções orçamentárias, o valor de salário mínimo para o próximo ano foi reduzido em R$ 10 e ficou em R$ 969. Neste ano de 2017, o mínimo em vigor é de R$ 937".

O presidente do Senado encaminhará à Comissão Mista de Planos e Orçamentos a mensagem do governo com o pedido de autorização ao Congresso Nacional para ampliar a meta fiscal de 2017 de um déficit de R$ 139 bilhões para R$ 159 bilhões.

"Nós tínhamos duas opções que nos foram oferecidas: aumento de carga tributária para os trabalhadores brasileiros e revisão da meta fiscal", explicou Eunício. “Não vai ser maior, a menos que o presidente determine, mas menor do que o que está na lei, nós não aprovaremos”.

PORTO VELHO

Banner 468 x 60 px