Lei Seca reduziu mortes no trânsito

O número de feridos também teve redução de 41,67% O número de feridos também teve redução de 41,67%

BONS RESULTADOS
Para o subcomandante da 1ª Ciaptran, capitão PM Luiz Carlos Garibaldi, “são bons resultados”. Ele considera que já existe tendência de as pessoas se sentirem “mais fiscalizadas”

REDAÇÃO
A 1ª Companhia Independente de Policiamento de Trânsito (Ciaptran) informou na terça-feira (11) que a Operação Lei Seca resultou em redução de 31,78% do número de mortos (de 12 para 7). O número de feridos também teve redução de 41,67%, sendo que no ano passado foram 1.756 vítimas e neste ano 1.198. Os dados são referentes ao primeiro semestre, no período de 1º de janeiro a 30 de junho.

Mesmo assim, a quantidade dessas operações foi menor. No ano passado foram 98 operações e neste ano 56. O número de prisões baixou 42,4%, de 511 para 294. E a abordagem também diminuiu: 3.734 veículos no 1º semestre de 2016 e 2.178 atualmente – 41,6% a menos.

Submeteram-se ao teste do etilômetro [bafômetro] 3.656 pessoas no ano passado e 2.123 neste primeiro semestre. Positivamente, o número de recusas caiu 42,3%, de 78 para 45.

Para o subcomandante da 1ª Ciaptran, capitão PM Luiz Carlos Garibaldi, “são bons resultados”. Ele considera que já existe tendência de as pessoas se sentirem “mais fiscalizadas”, no que contribuem para redução da quantidade de acidentes.

Esse êxito notado pelo capitão também pode ser atribuído às patrulhas gerais, que abordaram 4.338 condutores de veículos, prendendo 360 deles em 2016. No mesmo semestre, este ano, houve 6.517 abordagens e 276 prisões. Ou seja, no ano passado houve menos abordagens e mais prisões, e neste ano, mais abordagens e menos prisões.

O número de acidentes em ruas e avenidas Porto Velho diminuiu 30,37%: 1.439 no ano passado e 1.002 este ano. A Secretaria Municipal de Trânsito (Semtran) fiscalizou 3.790 condutores naquele ano e 1.771 neste, 53,2% a menos.

Conforme a estatística da Ciaptran, o Departamento Estadual de Trânsito autuou 5.842 pessoas em 2016 e 4.138 no primeiro semestre de 2017, reduzindo-se em 29,17% o total de condutores. No ano passado, 711 veículos foram removidos ao pátio, e neste ano, 1.300.

PORTO VELHO

Banner 468 x 60 px