UNIR promove debate Binacional

Interesses comuns provocam debate até amanhã sobre fronteira no TCE Interesses comuns provocam debate até amanhã sobre fronteira no TCE

Tendo como sede o auditório do Tribunal de Contas, Brasil e Bolívia trocam mais experiências para estimular o debate sobre o desenvolvimento e a integração nas fronteiras, com a realização, desde a noite de ontem e até manhã, 5, com participação de empresários e autoridades governamentais a Semana de Integração Brasil-Bolívia, iniciativa do Departamento de Ciências Sociais da Fundação Universidade Federal de Rondônia (Unir).

O evento tem a parceria com Laboratório Amazônico de Estudos em América Latina (LabLat), Governo do Estado de Rondônia, Centro Cultural Boliviano, Federação das Indústrias do Estado de Rondônia (Fiero) e Embaixada Boliviana no Brasil e outros parceiros.

O professor João Saraiva Leão Viana, do Departamento de Ciências Sociais da Unir e um dos organizadores do evento, ressalta que a maior fronteira do Brasil é com a Bolívia e, parte dessa fronteira, é com Rondônia. “Muitas são as questões que emanam dessa divisão territorial que não é estática, mas complexa, viva e cheia de saberes”, assinala.

Participam representantes governamentais, acadêmicos, diplomatas, entidades comerciais e do terceiro setor. Membro de uma das mesas, o presidente da Fiero, Marcelo Thomé, lembra que o Brasil, historicamente, é parceiro comercial da Bolívia. É o primeiro destino das exportações bolivianas, devido à venda do gás natural, e segunda origem das importações do país.

“As relações econômicas com o Brasil têm impulsionado o desenvolvimento boliviano, em função da presença econômica brasileira no País, em termos de superávit comercial, investimentos e remessas de imigrantes”, disse o presidente da Fiero.

O presidente do Conselho de Representantes da Fiero, Chagas Neto, destaca a Bolívia como “único país da América do Sul que apresenta, de forma consistente [desde 2003], superávits comerciais com o Brasil, em função das volumosas exportações de gás [98% do total exportado]”.

PORTO VELHO

Banner 468 x 60 px