Maurício Bustani inicia hoje plantão noturno

Objetivo da gestão municipal é desafogar os atendimentos na UPA da zona Leste Objetivo da gestão municipal é desafogar os atendimentos na UPA da zona Leste

UPA da zona Leste e à policlínica Ana Adelaide acabam absorvendo grande fluxo de pessoas que necessitam apenas de consultas ambulatoriais, fato que tem gerado tumultos e reclamações

O número de médicos plantonistas também poderá ser ampliado para melhor atender a população de Porto Velho que sempre tem sofrido com a demora no atendimento nas unidades de saúde da cidade.

A população de Porto Velho ganha mais um importante reforço no atendimento à saúde a partir da próxima segunda-feira (3). Isso pelo motivo de está sendo implantado o “Plantão Corujão”, que vai funcionar das 19h à meia noite, na unidade Maurício Bustani, à avenida Jorge Teixeira, nº 1989, bairro Liberdade.

O secretário municipal de saúde, Alexandre Porto, disse que o plantão extra vai funcionar de segunda a sexta-feira. O atendimento a pessoas de qualquer região da cidade será feito por três clínicos gerais, cada um deles responsável por 20 consultas, totalizando 60 pessoas diariamente. A chamada será feita por senha, obedecendo a ordem de chegada.

Porto afirma que o objetivo do “Corujão” é dar suporte à Unidade de Pronto Atendimento (UPA) da zona Leste e à policlínica Ana Adelaide, na região central da cidade. Ambas são unidades de urgência e emergência, mas acabam absorvendo grande fluxo de pessoas que necessitam apenas de consultas ambulatoriais, fato que tem gerado tumultos e reclamações.

O secretário também já estuda a possibilidade de ampliar os serviços, implantando atendimento de farmácia e a parte de regulação para fazer os encaminhamentos ao Centro de Especialidades Médicas, caso seja necessário. O número de médicos plantonistas também poderá ser ampliado, visando garantir um melhor atendimento. A população de Porto Velho sempre tem sofrido com a demora no atendimento nas unidades de saúde da cidade.

PORTO VELHO

Banner 468 x 60 px