Alto Madeira

Alto Madeira

Paulinho faz espanhóis esquecerem de Neymar

João Paulo Bezerra Maciel Júnior é volante, mas vive um ano de centroavante. Com o gol de cabeça marcado abteontem no massacre do Barcelona por 6 x 1 sobre o Eibar, no Camp Nou, pelo Campeonato Espanhol, Paulinho coleciona 18 bolas na rede em 2017 com as camisas do Guangzhou Evergrande, do Barcelona e da Seleção Brasileira.

Em 2017, o volante fez quatro pela Seleção nas Eliminatórias e outros dois em jogos consecutivos pelo Barcelona. Um levantamento do Correio Braziliense mostra que Paulinho tem mais gols em 2017 do que companheiros de Seleção como Gabriel Jesus (12) e Roberto Firmino (10) — titular e reserva de Tite, respectivamente. Paulinho supera vários atacantes em atividade no futebol brasileiro. Luis Fabiano (Vasco), Ricardo Oliveira (Santos), Miguel Borja (Palmeiras), Rafael Sóbis (Cruzeiro), Lucas Pratto (São Paulo), Leandro Damião (Internacional) e Roger (Botafogo) acumulam menos bolas na rede do que volante do Barcelona.

Com 18 gols, Paulinho iguala as marcas de Lucas Barrios, do Grêmio, e de Diego Souza, do Sport. Só fica abaixo dos 20 gols de Jô (Corinthians), dos 22 de Neymar (Barcelona/PSG), dos 24 de Paolo Guerrero (Flamengo) e dos 28 de Henrique Dourado (Fluminense). A estatística inclui exibições nas Eliminatórias para a Copa de 2018 e em amistosos.

Paulinho chegou ao Barcelona por R$ 150 milhões. Custou caro, mas o técnico Ernesto Valverde sabia o que queria quando pediu a contratação do brasileiro de 29 anos: um volante com capacidade de pisar na área dos adversários e amenizar uma das deficiências do repertório — a bola aérea. O primeiro gol de Paulinho no Barcelona saiu sábado, de perna direita, dentro da grande área, após assistência de Messi. O segundo foi ontem, de cabeça, após cobrança de escanteio.

  • Publicado em Esportes

ÁRBITRO DE VÍDEO: Sem outras explicações, CBF cancela o uso

O uso do “árbitro de vídeo” pela CBF na próxima rodada do Brasileirão acabou sendo transformado em mais uma espécie de “promessa de político em campanha”: depois de anunciar a medida, o presidente da Confederação, Marco Polo del Nero voltou atrás e a coisa não andou.

O árbitro de vídeo já vem sendo utilizado há muito tempo por outros esportes, inclusive por aqueles muito mais velozes que o futebol, casos do Atletismo, Natação e Voleibol, mas essa modernidade vem encontrando fortes barreiras quando o assunto é futebol, com todas as desculpas possíveis e iomagináveis.

TREINAMENTO
De qualquer forma a Comissão de Arbitragem da CBF anunciou que vem dando prosseguimento às normas para a implantação do Árbitro Assistente de Vídeo (VAR) na arbitragem nacional, a Comissão de Arbitragem da Confederação Brasileira de Futebol reuniu grupo de 16 supervisores de AV para atualização de protocolo e revisão de instruções antes da preparação intensiva de árbitros e árbitros assistentes.

Presente em uma série de treinamentos realizados pela Conmebol nas últimas semanas, o instrutor técnico de VAR, Manoel Serapião Filho, comandou o trabalho teórico que consistiu em atualizar os supervisores sobre o conteúdo, alcance e limites do protocolo elaborado pela IFAB (International Football Association Board).

O trabalho foi acompanhado pelo presidente da Comissão de Arbitragem da CBF, Marcos Marinho. “Desde março do ano passado, todos os cursos e treinamentos promovidos pela Comissão de Arbitragem da CBF têm o tema “Árbitro de Vídeo” como parte das atividades. Além disso, nós participamos de todos os workshops realizados pela FIFA sobre o AV em Londres, Amsterdã, New Jersey e Zurique. Agora, vamos dar mais um passo para a implantação do AV” explicou o dirigente

  • Publicado em Esportes

Jogo Rápido

Memes
Eliminação levou
Corintians à galera
Mal terminou o jogo entre Racing e Corintians, quando o time da “fiel” foi eliminado, os “memes” invadiram as redes sociais, uma boa parte deles mostrando o atacante Jô, que marcou um gol com a mão que deu a vitória domingo contra o Vasco e que, pelos memes de agora, aparecia reclamando.

AJUDA
Muricy tenta ajudar
S. Paulo sair do buraco
Começou nesta quinta-feita a ajuda de Muricy Ramalho ao São Paulo. O extreinador foi ao CT da Barra Funda e conversou com o técnico Dorival Júnior e outros membros da comissão. Ainda não houve diálogo com os jogadores. Muricy será uma espécie de consultor informal neste momento do São Paulo, que está na zona de rebaixamento no Brasileirão. Isso significa dizer que ex-treinador não terá um cargo no clube, até porque precisaria se desligar do cargo de comentarista do canal SporTV e não o fará. Símbolo da fuga do rebaixamento em 2013, Muricy Ramalho encerrou a carreira de treinador no ano passado no Flamengo.

CIÊNCIA NO ESPORTE
O XX Congresso Brasileiro de Ciências do Esporte e VII Congresso Internacional de Ciências do Esporte, que estão sendo realizados este mês em Goiânia, atingiram números recordes em sua organização ao longo de quase 40 anos de história.
Foram registradas 1570 inscrições ao evento, entre professores, pesquisadores, estudantes de graduação e pós-graduação do Brasil e de países da América Latina. Foram 79 convidados entre palestrantes, mediadores de mesas e coordenadores dos grupos de trabalhos temáticos e 59 livros lançados no evento, com a presença de seus autores em noite de autógrafos.

A comissão científica recebeu submissão de 1.184 trabalhos, dos quais 842 foram aprovados e apresentados na forma de 357 comunicações orais, 450 pôsteres, 23 trabalhos fotográficos e 12 vídeos, organizados numa logística que compreendeu além do Centro de Cultura e Eventos; auditórios, mini auditórios e salas de diversas unidades acadêmicas da Universidade Federal de Goiás. O evento contou com apoio do Ministério do Esporte.

  • Publicado em Esportes

Boemia: homenagem a Manga Rosa será na sexta

Está confirmada para a próxima sexta-feira, dia 29, o show para lembrar a memória do músico, intérprete e compositor Manga Rosa – João Henrique Freire de Souza, homenagem que vai acontecer no “Calçadão Manelão”, em frente ao Mercado Cultural.

O show será realizado pela família de “Manga Rosa”, durante a apresentação do Projeto Ernesto Melo e a Fina Flor do Samba, que todas as sextas tomam conta da noitada no Mercado Cultural.

Manga Rosa é considerado o primeiro músico a compor um samba em Porto Velho, “Triângulo”, e um dos fundadores do famoso Conjunto Bossa Nova que tocava todos os domingos, na Varanda Tropical do Porto Velho Hotel e acompanhou todos os cantores que se apresentaram em Porto Velho como Ângela Maria, Altemar Dutra e outros.

Músico formado na Banda do Colégio Dom Bosco Manga Rosa tocava os seguintes instrumentos: flauta doce, clarineta, sax e trombone de vara.

  • Publicado em Geral
Assinar este feed RSS

PORTO VELHO

Banner 468 x 60 px